Salmo 90

Robinho Ventura

Tu que habitas sobre a proteção do altíssimo
Que moras à sombra do onipotente
Dize ao senhor sois meu refúgio e minha cidadela meu deus em que eu confio

É ele que te livrará do laço do caçador e da peste perniciosa ele te cobrirá com suas plumas sob suas asas encontrarás refúgio
Sua fidelidade te será um escudo de proteção

Tu não temerás os terrores noturnos
Nem à flecha que voa à luz do dia
Nem a peste que se propaga nas trevas
Nem o mal que graça ao meio dia

Caiam mil homens à tua esquerda e dez mil à tua direita tu não serás atingido
Porém verás com teus próprios olhos
Contemplarás o castigo dos pecadores
Porque o senhor é teu refúgio

Escolheste por asilo o altíssimo
Nenhum mal te atingirá nenhum flagelo chegará à tua tenda porque aos seus anjos ele mandou que te guardem em todos os teus caminhos

Eles te sustentarão em suas mãos
Para que não tropeces em alguma pedra
Sobre serpente e víbora andarás
Calcarás aos pés o leão e o dragão

Pois que se uniu a mim eu o livrarei
E o protegerei pois conhece o meu nome
Quando me invocar eu o atenderei
Na tribulação estarei com ele
Hei de livrá-lo e o cobrirei de glória
Será favorecido de longos dias
E mostrar-lhe-ei a minha salvação
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados