Rachadura

Rosa Marya Colin

Assim não é jeito de viver
Já estou tensa, rouca de gritar
Pelo meu time
Pelas minhas esperanças
Velhas, gastas, procurando algum prazer
Nas mãos suadas que voltam da luta
Sempre perdendo no final do mês
Ou esse barco um dia endireita ou vai rachar
E aí afunda de vez
Ou esse barco um dia endireita ou vai rachar
E aí afunda de vez

Me sinto um barco sem o mar
Já estou tardia
Louca de esperar pelo meu dia
Pela minha sorte justa
Que, se vem, vai dar descanso
Para os meus pés que pisam um chão muito duro
Que correm tanto pra nunca chegar, talvez
Ou esse barco um dia endireita ou vai rachar
E aí afunda de vez
Ou esse barco um dia endireita ou vai rachar
E aí afunda de vez
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados