Espera

Roseli Martins

Arrumei a casa
Espanei o pó do peito
A tristeza, dei um jeito de escondê-la no capacho
Areei os olhos
Me quarei lá no riacho
Tirei a roupa do tacho
Botei tudo no lugar
Terça-feira, hoje, eu acho
Que meu amor vai voltar

Perfumei a casa toda com capim cidreira
Prometi pra padroeira de subir a Penha a pé
Encerei os olhos
Pus mais água no café
E misturei com a colher e botei tudo no lugar
Quinta-feira tenho fé que meu amor vai voltar

Arrumei a casa
Pus a roupa no varal
Desembrulhei o enxoval
Pus mais um prato sobre a mesa
Remendei os olhos puídos de tanta reza
Com toda delicadeza botei tudo no lugar
É, domingo, com certeza
O meu amor vai voltar

A casa eu arrumei
Comi os dedos no rosário
Eu rasguei o calendário
Eu chorei bastante
E foquei os olhos na linha do horizonte
Mas olhei mais adiante
Botei tudo no lugar
Para o ano, não se espante
Meu amor vai voltar
Para o ano, não se espante
Meu amor vai voltar
Para o ano, não se espante
Meu amor vai voltar

A casa eu arrumei
Comi os dedos no rosário
Eu rasguei o calendário
Eu chorei bastante
E foquei os olhos na linha do horizonte
Mas olhei mais adiante
Botei tudo no lugar
Para o ano, não se espante
Meu amor vai voltar
Para o ano, não se espante
Meu amor vai voltar
Para o ano, não se espante
Meu amor vai voltar
A casa eu arrumei
Comi os dedos no rosário
Eu rasguei o calendário
Eu chorei bastante
E foquei os olhos na linha do horizonte
Mas olhei mais adiante e botei tudo no lugar
Para o ano, não se espante
Meu amor vai voltar
Para o ano, não se espante
Meu amor vai voltar
Para o ano, não se espante
Meu amor vai voltar
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados