Cowboys

Ruarez

Um amanhã de ilusões sem cores
Um país e seus coquetéis sem sabores

Então me diz porque será que é tudo tão normal nessa história
Tanta desordem num altar, num planalto, num sangrar do povo que chora

Nós somos cowboys, vilões, heróis sem voz
Num mundo sem glória
E eles brindam com champanhe, milhões
Pelas nossas costas

Perceber as segundas intenções dessas rotas
Reerguer. Que culpa temos nós dessa horda?

E não é hora de aceitar, sobreviver a toda essa lama que jorra
Que todo suborno que pairar, vire a destruição dessa corja

Nós somos cowboys, vilões, heróis sem voz
Num mundo sem glória
E eles brindam com champanhe, milhões
Pelas nossas costas
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados