Ouvir Música

A Balada da Sibita Baleada

Sabiá Sensível

Quem viu, quem viu, quem viu
Uma sibita baleada
Na caatinga cambaleando
Uma entidade, uma visão, um passarim
Voando morta num Pajeú sem água
Com caiporas, currupiras, uma assobio
E transparência
quem viu quem viu quem viu
me diz quem foi que baleou
a passarinha da passarada
leito do rio, do rio, do rio
ressurreição, sibita santa
que o Pajé grande abençoou
e já voou, voou, voou
vai traquinando por aí
pra caçador errar no tiro
vai traquinando por aí
pra caçador errar no tiro
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados