Duas Vidas

Sandálias

Injusto é o tempo
Que passa e eu não faço aquilo que eu quero fazer
Novas marés me puxam
E eu travo batalhas com a minha sensatez

Se congelar os momentos certos pra depois fosse possível
Como se faz quando se quer muito mais do que se é capaz
Mas quanto mais eu penso, menos eu entendo

Então me dá duas vidas pra viver
Pra que eu possa aventurar
E apostar tudo
Sem medo de perder
Então me dá duas vidas pra viver
Em uma eu vou aventurar
E a outra eu vivo só pra você

Injusto é o vento que
Sopra tardes frias sem você
Novas marés me puxam e
Eu fico insatisfeito sem porquê

Se congelar os momentos certos pra depois fosse possível
Como se faz quando se quer muito mais do que se é capaz
Mas quanto mais eu penso, menos eu entendo

Então me dá duas vidas pra viver
Pra que eu possa aventurar
E apostar tudo
Sem medo de perder
Então me dá duas vidas pra viver
Em uma eu vou me aventurar
E a outra eu vivo só por você

Então me dá duas vidas pra viver
Pra que eu possa aventurar
E apostar tudo
Sem medo de perder
Então me dá duas vidas pra viver
Em uma eu vou me aventurar
E a outra eu vivo só por você

Por você
Por você
Por você
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados