Ouvir Música

Puro Som

Sandra de Sá

De tanto sou, eu sou assim, da cor da noite, da cor da noite.
Minha alma negra meu segredo, meu som meu medo
Esconde o fim, esconde sim.
A minha voz não soa à toa, ela é tão boa, é puro som.
A minha voz não soa á toa, ela é tão boa
é puro som, é puro som.
Minha carência é tão sincera
é meu desejo de ser paz, de ser demais,
E ser demais

O meu passado é meu espelho e não tem fim;
O meu futuro é claro escuro, e mora em mim.
O meu passado é meu espelho e não tem fim,
O meu futuro é claro escuro e mora em mim.
De tanto sou, eu sou assim, da cor da noite, da cor da noite

Minha alma negra, meu segredo, meu som meu medo
Esconde o fim, esconde o sim.
A minha voz não soa à toa, ela é tão boa, é puro som.
A minha voz não soa à toa, ela é tão boa
é puro som, é puro som.
Minha carência é tão sincera
é meu desejo de ser mais
de ser demais,
E ser demais

O meu passado é meu espelho e não tem fim.
O meu futuro é claro escuro e mora em mim.
O meu passado é meu espelho e não tem fim.
O meu futuro é claro escuro e mora em mim.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados