Ave, Ave

Selma Gillet

Mais um ninho se desfaz por entre minhas pernas
Quantas crianças do futuro pelas minhas mãos escorrem
Filhos, filhas, mães e pais
Sempre, sempre, sempre histórias tão iguais
Será que você escolheu
Ou o destino quis se cumprir
Ou simplesmente destruir
Não era para ser assim

Ave, ave
Salve mãe e pai do céu
Contrabando de crianças
Ventres de aluguel
Máquinas natais
Prazeres mortais
Os brinquedos de Deus já não são mais legais
Amém

Coagulação de todos os sentidos
Esperma endurecido como a emoção
Todos morreram e mais ninguém nasceu
Explica o que estou fazendo aqui
Eu

Ave, ave
Salve mãe e pai do céu
Contrabando de crianças
Ventres de aluguel
Máquinas natais
Prazeres mortais
Os brinquedos de Deus já não são mais legais
Amém
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados