Ouvir Música

Bolinhas de Sabão

Serrão Castro

Foi subindo a serra do mar
Passeando pelos jardins
Passando sobre os canais
Me despedindo de ti
Foi aí, o coração percebeu
O teu sorriso sumir
A voz desaparecer
No abraço
Na canção
E na promessa de voltar noutra estação
O amor e tão sagaz
Um shao-lin
Ele arrebenta e destrói
Desorienta e corrói
E faz questão de dizer com sua língua voraz
Não pare!
Não morra!
Continue a viver
E algo de novo vai te acontecer
Nós somos a festa
Bolinhas de sabão
Tão lindas e frágeis no meio do salão.

Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados