Ouvir Música

Descaradamente

Suellen Santos

Descaradamente você
Vem brincar no meu lençol
Deve estar carente
É que em seu quarto nunca bate sol
Quer me deixar doente
É só dizer que nada aconteceu
Dá nó na minha mente
Você procurando em mim, tudo que perdeu.
Indecente seu jeito de agir
Será que eu posso resistir
Esse olhar de Deus em busca de perdão
Indecente quer me devorar
Na espera que eu esqueça tudo
Seus altos e baixos, seus absurdos.

Quando tudo é nada
Sou o ouro, sou a prata
O mapa da mina
Sou a sorte anunciada na banca da esquina
O bilhete premiado que você jogou no chão

Quando tudo é nada
Sou o ouro, sou a prata
O mapa da mina
Sou a sorte anunciada na banca da esquina
O bilhete premiado que você jogou no chão

Indecente seu jeito de agir
Será que eu posso resistir
Esse olhar de Deus em busca de perdão
Indecente quer me devorar
Na espera que eu esqueça tudo
Seus altos e baixos seus, absurdos

Quando tudo é nada
Sou o ouro, sou a prata.
O mapa da mina
Sou a sorte anunciada na banca da esquina
O bilhete premiado que você jogou no chão

Quando tudo é nada
Sou o ouro, sou a prata.
O mapa da mina
Sou a sorte anunciada na banca da esquina
O bilhete premiado que você jogou no chão

Descaradamente
Indecente
Descaradamente
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados