Matar Ou Morrer

T-on

[Verso 1 - T-on]
Já vi comédia cair, ser carregado pro médico
Quero ver como cê pensa com um projétil no cérebro
Coleciono homicídios, dezenas de inquéritos
A violência todo dia tem capítulos inéditos
Já fui e sou protagonista de B.O.'s desde menor
Virei bandido pois não fui nascido pra ter dó
Instável no fluxo do dinheiro e do luxo
Pra isso só tenho que esvaziar os cartuchos
Agradando corruptos só pelo dinheiro sujo
Pode vim, pode encarar que eu não fujo
Não tenho gangue, vivo no bang-bang, eu bebo sangue
Achei maluco em buraco igual caranguejo no mangue
Não adianta fugir. Mato qualquer coisa que se mexa
Mato inocente, bandido, policial
Porque sua seguraça é artificial
Tanto faz, vai ser só mais um processo judicial

[Refrão 2x - T-on]
Aqui malandro atira sem falar o porque
Porque depois da meia noite é matar ou morrer
Aqui malandro atira pra ganhar o poder
Porque depois da meia noite é matar ou morrer

[Verso 2 - T-on]
Não respeito minha condicional
Não aceito condições, sou profissional
Não confio em ninguém, na verdade, só confio no gatilho
Quem faz o que eu faço não pode dar um vacilo
Já vi mãe chorar, mas nunca dei a mínima
E sei que um dia eu posso ser a vítima
Eu mato gente como eu, tô te fazendo um favor
Mas amanhã nasce outro e devolve seu pavor
Na garupa da moto, não perco o foco, não sei se eu volto
Nem deu pra encher o seu copo, isso mereçe uma foto
Entre o amor e o ódio vai ter um novo epsódio
Meia-noite e nem deu pra ver o relógio
Que horas são? É a sua hora de morrer
Acho que é meio tarde pra se arrepender
Preparem o velório, comprem um terno
Pow pow pow te vejo no inferno

(Refrão)

[Verso 3 - T-on]
Hoje eu sou o dono da cidade
Quem acaba com sua felicidade
Sempre na atividade, criando inimizades
Só quero um motivo pra te mandar pro Hades
Te mando pelos ares ou pelo correio
Se não tem nada a ver então sai do meio porque eu não tenho piedade
Então evade! Se não quando você se ligar que já era... é tarde!
O seu sangue espirra o chão encarde
Tema sua vida e não reage
Posso tá te observando daquela esquina
Posso tá te observando daquela laje
Com minha fúria lanço a agúlha
Polvora explode seu sangue borbulha
Imoral, imortal, invencível
Assassino nato, suspeito irreconhecível
Imprevisível, e eu nunca perdi nenhum combate

(Refrão)

[Ponte - T-on]
Agente vive numa competição, agente vive numa guerra
Agente sofre quando tá vivo, e só descasa quando enterra
E ninguém vive pra sempre, o seu trono sempre vai ter outro dono
A real é desse jeito só sua mãe que perde o sono
Liberdade é uma farsa no final ninguém é livre
O melhor guerreiro é aquele que sobrevive.

(Refrão)

FIM
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados