Ouvir Música

Sou eu

Tavito

É a porta abandonada
que leva ao outro lado
aberta de repente no meio da noite
sou eu
a promessa esquecida
de um coração magoado
a chuva de um inverno no chão da cidade
sou eu
a flor acostumada
ao frio do cerrado
o pássaro liberto chegando ao deserto
sou eu

Febre, veneno, dor, alucinação
fruta proibida, delírio, sensação
no meio da rua
ardendo no fogo
crescente da lua
eu sou

Navio destinado
a porto malseguro
luz de vela no escuro, o buraco no muro
sou eu
o amor que chega à frente
do ódio bem guardado
o riso antes do grito, o sorriso do aflito
sou eu...
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados