Ouvir Música

O Novo de Hoje Já É Velho Aqui

Téo Azevedo

O samba cantado, chorado e rasgado
O samba doído que você foi ver
Martelo a galope, bem compassado
Chamei o tom e disse assim
As águas de março são águas barrentas
Vê se aguenta beber água assim

Se Lua é dia, se Sol é noite
Eu brinco com o tempo, que de tempo a mim
Eu cruzo as entranhas desse mundo a fora
Já tá na hora de você sair
Beatlemania virou anarquia
O novo de hoje já é velho aqui!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados