Pela Vida Fora

Tonicha

Pela vida fora muito vai embora
E eu a vida inteira aqui pensando em ti
Nesta ilusão pregada ao chão
Mais do que enfeitada estou amargurada
Mas um dia há-de chegar
E o meu calor há-de voltar
P'ra eu cantar
Eu canto a vida à procura
De fonte segura e do meu segredo
Porque eu sinto o gosto da vida
Na terra aquecida de viver sem medo
Eu faço a minha poesia
De noite e de dia de janela aberta
Hoje eu canto a minha demora
Pelo tempo fora na minha voz certa
Mas nada acontece a quem adormece
Eu voltei a ser mulher
A renascer sempre a escolher
Quem eu quiser no meu corpo farto
Fica a dor e o parto
Eu não sei onde parar
Mas vou cantar até chegar
Ao meu lugar
Eu canto a vida à procura
De fonte segura e do meu segredo
Porque eu sinto o gosto da vida
Na terra aquecida de viver sem medo
Eu faço a minha poesia
De noite e de dia de janela aberta
Hoje eu canto a minha demora
Pelo tempo fora na minha voz certa
Eu canto a vida à procura
De fonte segura e do meu segredo
Porque eu sinto o gosto da vida
Na terra aquecida de viver sem medo
Eu faço a minha poesia de noite e de dia
De janela aberta
Hoje eu canto a minha demora
Pelo tempo fora na minha voz certa
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados