Ouvir Música

Rap Tof 30 Anos

Torcida Organizada Os Fanáticos

Se for pra somar irmão, vem na fé
Não importa a quebrada de onde você é
Central, oeste, sul, leste ou norte
É nóis tudo unido firmando a corrente forte

Rubro-negro é campeão, doidão, vamo curti
A emoção que a porcarada nunca vai senti
Fim de semana na sede, alegria da galera
Atlético ganhou mais três pontos na tabela

Tromba os parceiros, os loucos, os sangue-bom
Soldados combatendo em defesa do furacão
Vou com fé, vou na fé, nessa louca vida
O que seria da baixada, sem a nossa torcida?

A vida é um campo de batalhas, problemas eu supero
Guerras vão e vem mas os guerreiros são eternos
Os fanáticos, do sul a mais temida
Quem pode cria, que não pode copia!

Pois até depois da morte serei atleticano
Em deus nós confiamos

Click cleck pow, adivinha quem chegou
Aqui fanáticos, completa 30 anos de terror ninguém segura
Caveira rubro-negra abalando as estruturas (x2)

Fim de semana chegou e a galera tá animada
Pra sair em carreta com destino a baixada
De todas as quebradas vários manos e várias minas
E o vermelho e preto é a cor que predomina

O porque dessa muvuca, agora eu vou falar
Hoje tem festa na baixada e o bicho vai pegar
Quando eu entro no busão, bate forte o coração
Só da fanáticos gritando "uh, caldeirão!"

Louco que é louco não curte o jogo pelo rádio
Tem que estar na fita pra fazer tremer o estádio
E quando chega a bateria aí o chão desaba
A fofúria olha e chora e a império cu se caga
Hey, coxa, vai tomar no cu

Disposição, caveira que estremece o caldeirão
3 décadas na pista incentivando o furacão
Zona central, são josé, norte, sul, leste, oeste
O atlético nos une e a união nos fortalece

Fazenda rio grande, campo largo, tamandaré
Em araucária vários guerreiros de fé
De busão ou até, pra todo mundo ver
Invade o pinga-mijo e faz o chiqueirão tremer

A porcarada olha, e tenta copiar
É tof 30 ano loco, tem que respeitar
Se quiser bater de frente, é fogo no paviu
Fanáticos a maior do sul do brasil!

Click cleck pow, adivinha quem chegou
Aqui fanáticos, completa 30 anos de terror ninguém segura
Caveira rubro-negra abalando as estruturas (x2)

Chama a polícia que terror chegou
E avisa os paralixo que o show já começou
A caveira tá na pista, de novo é nóis na cena
Vamo catar a fúria lá na vila capanema

Meia-dúzia de cusão que se diz independente
Na hora do pancadão eu quero ver bater de frente
Vacilo, toma soco. caveira, louco é pouco
Se estressar com nós é só sufoco

A torcida que agita e ninguém fica parado
Estremece o puxadinho que eles chamam de estádio
Corre, fofúria, que a tof tá saindo
Se marcar vai apanhar do pelotão feminino

Aonde tem caveira os pm tão na bota
Tô poco me lixando, foda-se quem não gosta
É de vermelho e preto, nossa farda de batalha
Batendo de frente até com o corno do petrag**

Aê. filho da puta, traidor do nosso sonho
A baixada não é sua, o nosso time não tem dono
Respeita quem merece, aqui não tem muleque
Correndo pelo cap desde 1977

A tof tem história, de luta, de glória
Apoiando o furacão nas derrotas e nas vitórias
Os feitos do presente, as glórias do passado
Os maiores recordes de público do estado

Pintando a cidade inteira de vermelho e preto
Incentivando o tempo todo o time rubro-negro
Caveira querida, 30 anos de vida
A maior do sul o terror dos atletiba

Cercado de gambé vamo apé pro chiqueiro
Fanáticos vai cantando o tempo inteiro
Todos os comandos, na mesma caminhada
A união que fortalece tá formada

Quando a caveira chega no esgouto pereira
A império cu levanta e vê que não é brincadeira
Torcida rubro-negra, temida e respeitada
Domina o pinga-mijo e apavora a porcarada

Cantando o tempo todo por amor ao furacão
É tof 30 anos sacudindo a multidão
Embalada pela bateria que é nota mil
Fanáticos a maior do sul do brasil

Click cleck pow, adivinha quem chegou
Aqui fanáticos, completa 30 anos de terror ninguém segura
Caveira rubro-negra abalando as estruturas (x2)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não