Superfície do Ego

Trayce

Mais uma chama, um trago um fraco
Amarga a verdade deixada de lado
Reflete os erros deixando um rastro
Seu futuro ignora o passado o presente
Que vem embalado com
Marcas num corpo surrado
Inconsciente seguindo acordado
Pedras guiam seus passos
Seus passos

E nada vai lhe completar
Seu castelo vai se desmanchar
Como areia em um vendaval
E vera que tudo foi em vão
Que o caminho foi na contra mão
Da verdade que havia em você

Vai, vai fraquejar, vai se afundar
Na superfície do ego
Nos atalhos fica cego
Lamentará no fim

Com marcas num corpo surrado
Inconsciente seguindo acordado
Pedras guiam seus passos
Seus passos

E nada vai lhe completar
Seu castelo vai se desmanchar
Como areia em um vendaval
E vera que tudo foi em vão
Que o caminho foi na contra mão
Da verdade que havia em você
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados