Ouvir Música

Panos Bons

Tupi e Nagô

O brilho azul do céu e a natureza tão linda
Me lembram o meu amor
Presença abstrata de uma pura magia
Leveza de um beija flor
O seu perfume doce que se espalha no vento
Satiriza a verdade
Irriga minhas idéias
Banaliza o tempo
Interroga a sanidade

Ó minha flor, ô meu amor
Ó minha flooor


O nobre nome apaga o promíscuo do vulgar

Dispensa comentários ganha rótulo, sei lá

O hilário é ver no sábado, a corte se organizar

Comer a feijoada até a veia dilatar

De tanta escória disfarçada em finos panos bons

A origem fraturada dissimula a intenção


Sendo assim, desateio as mãos
Rabisco um papel, traduzindo a escuridão
Do nhâmo proibido sem compreender
que a palavra amor, só veio pra lhe dizer...que...


O brilho azul do céu e a natureza trão linda
Me lembram o meu amor
Hipocrisia inata, falsa supremacia
Conduzindo ao louvor
Idéia humana infectada de agonia
que emerge um pensamento
Condena a natureza com uma idéia fictícia
De, apenas ser um momento
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados