Samba-Enredo 2014 - Na Garrafa, No Barril, Salve a Cachaça, Patrimônio Cultural do Brasil

União do Parque Curicica

Cana
Fonte de riqueza desta terra
Era verde virou ouro e aguardente
A mistura sagrada e profana
Deu samba
De Portugal aportou e colonizou
Trouxe a escravidão
Fez o negro plantar e a moenda girar
Não pode parar a produção
O verde do Nordeste dá o tom
No engenho atraiu cobiça
Depois que a garapa fermentou

Acalma a alma, o corpo e a fé
Na senzala ou no arrasta pé
Pro solitário que está na multidão
A branquinha é pura paixão

Pingou a danada cachaça
Trazendo ressaca pra coroa imperial
Se tornou um feitiço, pro índio um susto
Esta água é fogo, é coisa de bruxo
Mineração... Nova ilusão
Aquece o barroco na arte das mãos
Brasil inconfidente, independente varonil
O marafo dá força à nação
É São João Festança
Quero beber paraty
E misturar com limão
Cachaça não é água não

Bate o tambor que o samba vai começar
Alô garçom traz a marvada pra cá
E se tem cachaça o povo fica
O povo fica no embalo da Curicica
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados