Ouvir Música

(E Nós) A Ver O Mar

Xaile

Pouca terra, pouca terra
O comboio vai parar
E nós a ver o mar

Pouca terra, minha terra
Muita terra por andar
E nós a ver o mar

Sempre a ver navios lá ao longe a passar
A caminho do horizonte
Como se o destino nunca fosse mudar
Ou não se lembrasse da gente

Barlavento, sotavento
Cataventos a soprar
E nós a ver o mar

Pouca terra, pouca terra
Terra à vista de alcançar
E nós a ver o mar

Sempre a ver fantasmas lá ao longe a espreitar
Brumas, nevoeiros, tormentas
Hoje é maré alta, amanhã vou zarpar
Lua cheia quebra o encanto

Sebastião ali sentado à beira mar
Sem ver o mundo a mudar
Sebastião olha o ditado popular
Antes desengano que andar enganado

Pouca terra, pouca terra
Falta pouco p'ra chegar
E nós a ver o mar

Passatempo, contratempo
O mau tempo há-de acabar
E nós a ver o mar

Sempre a ver navios lá ao longe a passar
No oceano do esquecimento
Como se o destino nunca fosse mudar
Ou não se lembrasse da gente

Sebastião ali sentado à beira mar
Sem ver o mundo a mudar
Sebastião olha o ditado popular
Antes desengano que andar enganado

Onde andará esse mar nunca dantes navegado
Onde foi a nau que levou
O teu sonho a outro lado e não voltou

Sebastião ali sentado à beira mar
Sem ver o mundo a mudar
Sebastião olha o ditado popular
Antes desengano que andar enganado

Pouca terra, pouca terra
O comboio vai parar
E nós a ver o mar

Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados