Ouvir Música

Valor da Vida

Zé Mulato e Cassiano

Atentei pra essa estória que um dia meu pai contou
Fala do valor da vida e o caso me emocionou
Filho se não preciso nada se deve matar
Toda a vida a Deus pertence nós devemos preservar
Por mais simples que ela seja sua importância é sem par
Ativa sua memória presta atenção na estória
Que agora vou relatar

Começou a narrativa eu deixei o que fazia
Pra ouvir atentamente o que ele me dizia
No tempo da ditadura durante a revolução
Um homem já condenado escapuliu da prisão
Fugindo desesperado e o comandante durão
Deu ordens a seus soldados para trazê-lo algemado
Ou matar sem compaixão

Na porta de uma caverna quase pisou numa aranha
Por estar tão afobado naquela angústia tamanha
Mas pode raciocinar com bastante sentimento
A vida desse bichinho vale mais nesse momento
Do que minha própria vida encurralado aqui dentro
Portanto é bom que viva pode até que me sirva
Foi esse o seu pensamento

Foi uma intuição do seu anjo protetor
Durante aquela noite a aranha trabalhou
Construindo uma teia que fechou aquela entrada
A perseguição chegou ao romper da madrugada
O rastreador falou numa experiente olhada
Vamos em frente com o plano, pois nessa lapa faz ano
Que não sai nem entra nada
(levante)
Chorou lá dentro da gruta ai, ai, uma alma agradecida:
Fui salvo nesse instante, vou de agora em diante
Dar bem mais valor à vida.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não