Avatar de: Tribo da Periferia

Tribo da Periferia





Mar de Piranhagem

Tribo da Periferia

Quanto vale o céu
Quanto vale o ar
Quanto vale a sua liberdade na quebrada
Quanto vale um abraço nesse mar de piranhagen
Quanto vale uma lágrima nos olhos pra ensinar 2x

Ei, acorda parceria
Abre o olho, então se liga
Tá na hora, faz o corre que esse é o jogo da vida
Não ouviu o que já foi dito, o homem vale o que tem
Tem dinheiro, mas sem Deus, então você não é ninguém
Desde 'molequin' na esquina, manipulando as 'parada'
Ambição e egoísmo vai no cano da quadrada
Sai da frente, engatilha. Puxa o cão e lá vai bala
E diz que o jogo é pra quem pode tá de cima na quebrada
Mas quando rola sem aço, são poucos os que mete as cara
Os que diziam seu amigo, já vazou lá pra ...
Quanto vale tudo isso que você já conseguiu
Mas tu troca sua família pra desfilar de fuzil
Hoje vive dedicado a conviver em meio às drogas
O mundão ta mesmo assim, arreganhado ta as ...
Tu tá montado né, patrão?
Elas quer te conhecer
Cheira na nota de 100 até o dia amanhecer

Quanto vale o céu
Quanto vale o ar
Quanto vale a sua liberdade na quebrada
Quanto vale um abraço nesse mar de piranhagen
Quanto vale uma lágrima nos olhos pra ensinar 2x

Vale atribulações
Em meio as madrugadas
Vale o tiro certeiro só pra ver cair os capas
Vale encher de ponta pé o comedia que da falha
Vale carro, vale as drogas, as bandida vem na cola
Vale ser patrão na festa, tipo comandar o mundo
Vale até assumir o roubo, assim como fez ...
Feito Nardone no prédio, a criança escapuliu
Vale a pena de morte comandando o Brasil
É só julgar aleatória, e também que ninguém viu
E pelo crack vale tudo, aonde o nóia se esbagaça
Se esqueceu da própria vida, as suas virou sua casa
Quanto você tá valendo com o nariz cheio de pó
A fumaça ta subindo, a cabeça dou um nó
Mas hoje ao extremo, quanto vale a tua alma
Deus te guarde, sai da mira dos capa e dos traíra
Mas aí deixo a pergunta, quanto vale a sua vida

Quanto vale o céu
Quanto vale o ar
Quanto vale a sua liberdade na quebrada
Quanto vale um abraço nesse mar de piranhagen
Quanto vale uma lágrima nos olhos pra ensinar 2x

A 12 engatilhada, menorzinho mostra a cara
As tetas se acumula
E rola o som e não da nada
O ódio corre na veia, e corta feito uma navalha
Quando a morte vem rondando, sem Deus é triste o fim
Enquanto o ferro ta na mão, a póvora pronta pra explodir
Diz o que você daria pra Deus te tirar dali
E o que você plantou? Espalhou terror na quebra
Apagou em ti o amor pra viver em meio às trevas
Mas o penhasco do abismo ainda existe uma saída
Ainda da tempo velho amigo, recupere a sua família
Você tem valor do sangue do cordeiro lá da cruz
Clama à Deus e tu verás, no fim do túnel está a luz
É só você fazer sua parte, tenta a sorte, faz a prova
Então vai ver se eu to errado
Ou então quem sabe, faz a hora
Já vi muitos lá no auge, hoje tá com o pé na cova

Quanto vale o céu
Quanto vale o ar
Quanto vale a sua liberdade na quebrada
Quanto vale um abraço nesse mar de piranhagen
Quanto vale uma lágrima nos olhos pra ensinar 2x

  1. Faça seu login e cadastre-se
Aviso legal · Entre em contato - Studio Sol © 2014 Ouvirmusica.com.br
-