Pout-Porri (É disso que o velho gosta/ Paixão de peão)

Alan Rodrigues e Fernando

Eu sou um peão de estância nascido lá no galpão
E aprendi desde criança a honrar a tradição
Meu pai era um gaúcho que nunca conheceu luxo
Mas viveu folgado enfim
E quando alguém perguntava o que ele mais gostava
O velho dizia assim
Churrasco e bom chimarrão, fandango, trago e mulher
É disso que o velho gosta, é isso que o velho quer
E foi assim que aprendi a gostar do que é bom
A tocar minha acordeona, cantar sem sair do tom
Ser amigo dos amigos, nunca fugir do perigo
Meu velho pai me ensinou
Eu que vivo a cantar
Sempre aprendi a gostar
Do que meu velho gostou
Churrasco e bom chimarrão, fandango, trago e mulher
É disso que o velho gosta, é isso que o velho quer


O meu amor foi embora estou numa boa agora
De olho noutra paixão
Na maior felicidade curtindo minha liberdade
Minha vida de peão
Estou feliz vivendo assim, na dor eu botei um fim
Tristeza joguei no chão
Saudade eu mandei embora
Solidão cortei de espora como faz um campeão
Meu amor fugiu de mim
Meu cavalo se mandou
Chorei pelo meu cavalo, sorri pelo meu amor
Cavalo bom é difícil, difícil de se achar
Mulher bonita é mais fácil
Se encontra em qualquer lugar
Paixão de peão é boi, de violeiro é viola
Dor de amor que se foi, só outro amor consola
Banana só dá no cacho, melancia dá na rama
Minha paixão é aquela fruta gostosa que dá na cama
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados