Menino Angola

Alcalyno

Vai como bicho do mato
Só no seu cavalo, galope tão forte e o vento lhe trai
E traz tanta ira, que arde a ferida que o tempo
guardou

Refrão (2x)
Menino angola, toca a viola
Quebra no forró
Urra a zabumba, geme a sanfora
Um devaneio só
E o cavalo arriado, passa na vida
Tem que ter atenção
Tem que virar pião
Tanto tempo perdido nessa encarnação
É melhor ser feliz
É melhor dar as mãos
O momento é agora, não depois
Agora, depois

Paranaue, paranaue, erorrorro (4x)

Vai como um bicho do mato
Só no seu cavalo, galope tão forte e o vento lhe trai
E traz tanta ira, que arde a ferida que o tempo
guardou

Refrão (2x)

Paranaue, paranaue, erorrorro (4x)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados