Artifício

Aluísio Machado

Pela entrada de serviço
Pra não dar o que falar
Eu uso de artifício
Vou ao último andar

Fazer amor
Pensando bem
Levar calor
A quem tem tudo
E nada tem

Fazer amor
Pensando bem
Levar calor
A quem tem tudo
E nada tem

No corredor
No corredor atapetado
Espelhado
Admiro no reflexo
Sem complexo o meu sexo

Ao soar a campainha
Que doçura
Vejo aquela criatura
Que me adora, que me atura
Nosso amor é proibido
Escondido
E por isso ela chora
Quando eu digo: vou embora

É aí que eu deito e rolo
E rolo me embalo e me embolo
E perco a noção das horas

É aí que eu deito e rolo
E rolo me embalo e me embolo
E perco a noção das horas
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados