Samba-Enredo 1995 - O Relicário do Samba

ARES Vizinha Faladeira

Bate forte coração
Vira e mexe no meu peito
Esse manto de saudade
Extravasa de emoção
Com os cantos que até hoje
São os encantos de verdade
Eu vou nesta fantasia, deslumbrando a poesia
Dos velhos tempos que não voltam mais
Praça onze foi o ventre imaculado
Ai que saudade a lembrança traz

Na cadência do meu samba, a paradinha
Que aprendi com o grande mestre de bateria (bis)

Benção, minha "baiana"
Te vi tão simples vestida de chitão
Benção, "mestre sala e bela dama"
Peço licença pra beijar teu pavilhão
"Lata d'água na cabeça, lá vai maria", doce ilusão
Ó linda mulata faceira
Teu requebrado me explode o coração

Este é o meu canto de fé
Sou gente bamba
Sou vizinha faladeira
O relicário do samba (bis)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados