Pedras no Canteiro

Banda Kaphè Kun Koka

Quantas vezes você mentiu
Pra não me ver chorar
Quantas vezes você me iludiu
Por deixar eu te amar

Nas noites que se propagam
Pela grande metrópole
Vejo seus olhos castanhos
A me vigiar...

Quantas vezes você mentiu
Pra não me ver chorar
Quantas vezes você me iludiu
Por deixar eu te amar

Nas noites que se propagam
Pela grande metrópole
Vejo seus olhos castanhos
A me vigiar... (A me vigiar)

(REFRÃO)
Porque viver a vida
De sonho em sonho
Noite após noite
E temer o dia

Quantas vezes você mentiu
Pra não me ver chorar
Quantas vezes você me iludiu
Por deixar eu te amar

Nas noites que se propagam
Pela grande metrópole
Vejo seus olhos castanhos
A me vigiar...

Quantas vezes você mentiu
Pra não me ver chorar
Quantas vezes você me iludiu
Por deixar eu te amar

Nas noites que se propagam
Pela grande metrópole
Vejo seus olhos castanhos
A me vigiar... (A me vigiar)

O mais incrível nas pedras é
Que elas são duras
Mas não precisam ser frias

Não quero perder o pouco
Que eu tenho de você

(REFRÃO)
Porque viver a vida
De sonho em sonho
Noite após noite
E temer o dia

Porque viver a vida
De sonho em sonho
Noite após noite
E temer o dia

Quantas vezes você mentiu
Pra não me ver chorar
Quantas vezes você me iludiu
Por deixar eu te amar

Nas noites que se propagam
Pela grande metrópole
Vejo seus olhos castanhos
A me vigiar... (A me vigiar)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados