Mulher Vampira

Bandeirante e Zé Batista

Bota alho no pescoço e não tira
Essa mulher dizem que é vampira

Quando chega a noite ela sai pra rua
Procurando um pescoço pra morder
Já apelidaram ela de chupa - chupa
O cara que ela agarra não tem força pra correr
O meu vizinho quis dá uma de machão
Saiu com facão, um pedaço de pau e um reio
Ela chegou, o seu facão ela entortou, o reio ela arrebentou
E ainda quebrou o seu pau no meio

Bota alho no pescoço e não tira
Essa mulher, dizem que é vampira

Ela já chupou pescoço de todo mundo
Dizem que agora é o meu que ela quer
To lambuzado de alho até o pescoço
To esperando na hora que ela quiser
Não vou negar que também não estou com medo
Só de pensar chega dar um gelo na nuca
Se me agarrar vai ter que entrar na minha estaca
Apronto a maior fuzarca, mas o meu ela não chupa

Bota alho no pescoço e não tira
Essa mulher, dizem que é vampira
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados