Que Saudade

Cascatinha e Inhana

Que saudade, que saudade
Do recanto onde eu nasci
Do cantar da seriema
E do gemer da juriti

Do meu velho pé de ipê
Do angico e da palmeira
Do cantar do sabiá
Nos galhos da laranjeira
Do cantar do sabiá
Nos galhos da laranjeira

Que saudade, que saudade
Do luar da minha terra
Prateando o arvoredo
E a casinha lá da serra

Que saudade da pequena
Que chorando lá deixei
Não chores, linda morena
Que um dia voltarei
Não chores, linda morena
Que um dia voltarei

Que saudade, que saudade
Das festas de São João
Das quadrilhas no terreiro
Do churrasco e do quentão

Hoje longe, muito longe
Vivo de recordação
A saudade vive sempre
Ferindo meu coração
A saudade vive sempre
Ferindo meu coração
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados