Riacho Grande

Chico de Pombal

"Sítio forquilha o berço dos anos da minha infância
Riacho grande o começo da vida de esperança
Suas águas e seu leito pra muitos gerava o pão
Pra mim banhava meus sonhos de cantador do sertão"

Meu riacho grande da minha infância
Saudade, lembrança lá do meu sertão
Tu foste o primeiro a ouvir meu cantar
Saber meu sonhar e a primeira ilusão

Em tempo de inverno no seu leito cheio
Vi a vida brotar, a sua água gerava o pão
Nutria o corpo e a ilusão do povo da região

Nas suas areias eu fui
Um caçador de ilusão
Um aprendiz de ser homem
Com sede, com fome, de sonho e emoção

Em ti eu nasci cantador
Tive a primeira paixão
Uma bonita morena
Lembrança serena do meu coração!

No riacho grande fui menino arteiro
De tiro certeiro balieira na mão
Corria o pasto cuidava do gado
Plantava roçado de milho e feijão

Tempo de fartura, leite, rapadura,
Tempo de oração, também foi tempo de estudar
Aí eu tive que me mudar, na cidade fui morar

Faz tantos anos que saí
Nunca mais pude voltar
Ainda carrego a esperança
Do sonho de infância poder realizar

Meu riacho grande eu sei
Um dia eu volto pra te ver
Mas hoje me banho nas águas
Da minha saudade pra não te esquecer!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados