Meu Sertão

Chico de Pombal

Quando brilha a alvorada
Canta alegre a passarada
Eu não troco isso por nada
É belo amanhecer aquí no meu sertão
Sou do mato, sou vaqueiro
No meu cavalo aboiando
O laranjal no terreiro
E um sabiá cantando
De noite pego a viola
E canto pra minha pequena
É bonita essa morena
Que eu estou amando

No peito é só felicidade
Vivo a vontade aquí no meu sertão
Quando a terra tá molhada
Lá no meu roçado tem milho e feijão

Aquí não me falta nada
Tenho minha amada que me tem paixão
Cavalo, gado, vaquejada
Forró de latada em noite de são joão
Como é bom no meu sertão!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados