Mero Navegador

Eduardo Luca

Mero navegador

Pra cada onda uma prancha
Me jogo e boto pra baixo, eu vou
Meu deus, dai-me uma onda
Que caiba minha remada
Meu deus, daí-me uma onda
Que eu dou a minha remada

Sou bicho do criador
Tentando curar minha dor
Encontro sempre uma porta
Pra cada vento que sopra
Sou um mero navegador
Entrando em sua corrente
Sou um mero navegador
Brincando na sua corrente

Com um tubo faz o meu lar
Um tempo pra flutuar
Não importa o tamanho do mar
Se netuno me abencoar
Rezo e peço que a noite
Liberte uma sereia
Que abraçe comigo a onda
Até chegar na areia
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados