Ouvir Música

Estrela Maga dos Ciganos

Elomar Figueira Melo

Eu vô dexá tôdéssas coisa aí dum lado
Já num tenho mais costado
Prús baque dêsse rojão
É tanta coisa pur dever tanto pagar
Sem receber tanto que dar
Chega! Já num guento mais não
Só tô isperano é a promessa dos ciganos
Que na terra inda êsse ano
Vai divagarin pôsar
U'a istrêla maga
N'ua aparição istranha
Da Serra da Carantonha
Inté o Geais eu vô prá lá
Se sussarana sêca rapina e ciganos
Num pará de fazê danos
E Zé do laço conseguí
Vô chiquerano os meus bodes pru Gerais
E jura que nunca mais
Eu boto meus pé aqui
E inquanto na face da terra havê tiranos
Vassalos e susseranos
Sinhorio e servidão
Fico lá incima hospedado com os Reis Mago
Nos camim de São Tiago
Num boto os pé nesse chão
Tá um apuri qui inté juro com acêrto
O planeta nesse aperto
Num guenta mais tempo não
Tá um tempão de Deus sem tê pr'onde se saí
Será o tempo do quetaí
Que já chegô no meu sertão
Só tô isperano é a promessa dos ciganos
Qui na terra inda êsse ano
Vai divagarin posar
U'a estrêla maga
N'ua apariçãi istranha
Da Serra da Carantonha
Inté o Gerais eu vô prá lá
E inquanto na face da terra havê tiranos
Vassalos e susseranos
Sinhorio e servidão
Fico lá inriba hospedado com os Reis Magos
Nos confim de São Tiago
Num boto os pé nesse chão
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados