Adrenalina

Evaldo Freire

E a tristeza
Hoje eu venço no cansaço
Pulo, danço e me amarro
Esse cheiro
Que eu sinto é de amor
Tudo é festa
É bom demais
Me entreguei
Ninguém segura mais

Pula, dança, treme
As cadeiras, que beleza!
Solte a adrenalina
Que se tem, não deixe presa!

Eu tô que tô (eu sei)
Tá que tá (também)
Nesse suingue
Eu vou até a festa acabar

Não deixe, não
Assim não dá pra ser feliz
Quem canta, os males espanta
Tá na boca do Brasil
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados