Maria de Jesus

Evaldo Freire

A dor maior que eu sinto
É ser hoje um cantor
E não ter minha mãezinha
Pra me ouvir com amor

Em 70 a 4 de março
Saía de casa para estudar
Às cinco da tarde eu vinha brincando
Quando avistei
Muita gente em meu lar

Naquele momento
Não sei o que pensei
Senti uma grande dor
No coração

E quando cheguei
Na minha casinha
Vi mamãezinha em um caixão
Ao ver esta cena comecei chorar

Meu pai dizia meu filho vem cá
Veja o estado dos seus irmãozinhos
Os coitadinhos estão a te esperar

E quando entrei no quarto
Que vi meus irmãos
Chorando e gritando
Por mamãe chamar

Pedi a Deus a morte ao me lembrar
Que Maria de Jesus
Nunca mais ia voltar
No Rio Grande do Norte

Na cidade do Assu
Foi onde perdi o meu doce lar
Hoje quero rever os meus conterrâneos
Que de braços abertos estão a me esperar

A dor maior que eu sinto
É ser hoje um cantor
E não ter minha mãezinha
Pra me ouvir com amor
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados