Ouvir Música

Balada Fingida

Fagner

Se o tempo perguntar por mim
Diga que eu falei que não volto mais
Diga que perdi o trem procurando alguém
Há tempos atrás

Agora, num final feliz
O tempo não me diz em que cidade foi
Ficou tua beleza rara
A solidão em minha cara
E o tempo a perguntar por nós

E já não basta derramar lágrimas no chão
Nem tocar teu coração com baladas fingidas
Se o tempo passa, tudo é em vão, tudo passará
Como as torres de carvão na estrada florida

Se o tempo perguntar por ti
Não vou mais fingir nem perder a voz
O futuro aconteceu
O desejo é tudo mas o mundo dóI

A cidade não termina
Na dobra da esquina que nos viu chorar
Ficou tua beleza rara
A solidão em nossa cara
O tempo ficou mais veloz

E já não basta derramar lágrimas no chão
Nem tocar teu coração com baladas fingidas
Se o tempo passa, tudo é em vão, tudo passará
Como as torres de carvão na estrada florida

Se o tempo perguntar por ti
Não vou mais fingir nem perder a voz
O futuro aconteceu
O desejo é tudo mas o mundo dóI

A cidade não termina
Na dobra da esquina que nos viu chorar
Ficou tua beleza rara
A solidão em nossa cara
O tempo ficou mais veloz
A luz quebrou nossa janela
A cruz adormeceu com ela
O tempo esqueceu de nós

E já não basta derramar lágrimas no chão
Nem tocar teu coração com baladas fingidas
Se o tempo passa, tudo é em vão, tudo passará
Como as torres de carvão na estrada florida
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não