Ouvir Música

Pobre Matuto

Flávio José

Braúna florou
Meu deus o verão chegou
Volto do roçado
Pensando triste de ver
O chão tão enxuto
E eu um pobre matuto
Que do céu suplica um fruto
Pedindo pra chover
No chão vejo as cinzas
Da fogueira de são joão
E eu cheio de precisão
Sou cinzas também são joão

Feijão na fulo ficou
Milho penduou, murchou
Minha terra esturricou
Nada vou colher

Volto do roçado
E em casa eu vou descansar
Sento na soleira da porta
E os pés vou lavar
Já tá tudo escuro
E eu pobre matuto
Que nunca teve um estudo
Nem mesmo o bê-á-bá
Acendo um candeeiro pra ver
Meus filhos direito
São dez, tem até de peito
Tem nada, deus vai criar

Deus é bom demais, que até
Dez filhos me deu, e mais
Um amor que dá pra mais
Outros dez nascer
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados