Fio de Cabelo, Blusa Vermelha, Nuvem de Lágrimas

João Guilherme e Cuiabano

Quando a gente ama
Qualquer coisa serve para relembrar
Um vestido velho da mulher amada
Tem muito valor

Aquele restinho do perfume dela que ficou no frasco
Sobre a penteadeira
Mostrando que o quarto
Já foi o cenário de um grande amor

E hoje o que encontrei me deixou mais triste
Um pedacinho dela que existe
Um fio de cabelo no meu paletó
Lembrei de tudo entre nós
Do amor vivido
Aquele fio de cabelo comprido
Já esteve grudado em nosso suor

...

Quando olho na parede e vejo seu retrato
As lágrimas molham meu rosto num pranto sem fim
Sento na cama e fico sozinho no quarto
Vem a saudade maldita e se apossa de mim

Levanto vou no guarda-roupa e abro as portas
Vejo a blusa vermelha que você deixou
Aí então o desespero rouba minha calma
Eu saio pra rua e até minha alma
Chora em silêncio ao sentir minha dor

Deus oh senhor poderoso eu lhe faço um pedido
Mande um alívio a esse coração que sofre
Se ela um dia regressar eu lhe agradeço
Porém padecer como eu padeço
Prefiro mil vezes que me mande a morte

...

Há uma nuvem de lágrimas sobre meus olhos
Dizendo pra mim que você foi embora
E que não demora meu pranto rolar
Eu tenho feito de tudo pra me convencer
E provar que a vida é melhor sem você
Mas meu coração não se deixa enganar

Vivo inventando paixões pra fugir da saudade
Mas depois da cama a realidade
É só sua ausência doendo demais
Dá um vazio no peito, uma coisa ruim
O meu corpo querendo seu corpo em mim
Vou sobrevivendo num mundo sem paz

Ah...
Jeito triste de ter você
Longe dos olhos e dentro do meu coração
Me ensina a te esquecer
Ou venha logo e me tire dessa solidão
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados