Psicobaião

Jorge Cabeleira e o Dia Em Que Seremos Todos Inúteis

Meu Deus me da umas terras
Pra eu viver lá no sertão
Levar minha familia pra lá
Pra de lá montar o baião
Ver nos olhos de minha mulher
E seguir aqueles campos dourado
E correr pelo cerrado
Pra fazer a plantação

Prozear tomando uns caldos
Toda vez com as calças furadas
Em meia noite de São Joao
Nas noites de São João

Ta dificil morrer de pecado
Ta fugindo pelo mar, ta assustado
Em direção, em direção pro sertão
Em direção, em direção pro sertão
Ta fazendo a mala de água
Ele abriu as suas asas numa anunciação
Voando por cima da santa procissão
Voando por cima da santa procissão

Adeus minha linda magrinha
To fugindo pra viver na sertão
No sertão pra viver to fugindo
To fugindo pra viver no sertão
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados