Olhos Garotos

Lenita Gentil

Diz aos teus olhos garotos
Vivos marotos
Pretos, rasgasdos
Que não andem p'las esquinas
Feitos traquinas
E malcriados
Que não sigam as meninas
Simples, ladinas
Dos olhos meus
De tudo acho capazes
Os maus rapazes
Dos olhos teus

Teus olhos amendoados
São comparados
A dois cachopos
Que quando topam meninas
Pelas esquinas
Dizem piropos
É preciso que lhes digas
Que as raparigas
Nem todas são
Como as pedras que há nas ruas
Gastas e nuas
Sem compaixão

Diz-lhes tudo sem ralhares
Sem te te zangares
Tem mil cuidados
Sim, que para entristecê-los
Prefiro vê-los
Nos seus pecados
Não quero os teus lindos olhos
Correndo abrolhos
Livre-nos Deus
Que causassem tais ruínas
Estas meninas
Dos olhos meus
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados