Lua de Maio

Maria da Fé

Amor meu que meu não seja
O destino de perder-te
Outro amor, cego me traz
Que o meu olhar te não veja
Quando posso merecer-te
E sei que a outro te dás

Lua de Maio... servida em taça de luz
Como um cigano andaluz
Cantando as mágoas dum fado
Lua de Maio... entristeceu meu olhar
Triste lembrança a lembrar
Um grande amor do passado

Por amor, só por amor
Faz-nos a vida acordar
O sol que as lágrimas são
O sal que as lágrimas são
Mas quando dói, é a dor
Que ao ser que somos, vem dar
A tristeza ao coração
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados