Noite de Insonia (Parte II)

MRN

Começo esse som na minha pegada
Pensamentos a mil, essa vida me abala
Olho pro céu a noite caiu
Brilham as estrelas, mas lá fora ninguém me viu

Tô aqui, sossegado na moral
Tomando um vinho seco pra esquecer da real
Não sei se é fuga não sei se é culpa
Mas me sinto melhor, só eu e a Lua

Eu daqui e ela de lá
Vou pegar um papel pra eu rabiscar
Já é quase duas horas
A insônia dominou
Vai ser foda!

Estou confuso agoniado
Que estagio venenoso que me encontro
Ii caralho, tenho vivido tudo intensamente, as pessoas
As músicas, esse mundo doente
Mundo cão que ninguém anda são
Mundo cão sem salvação

Gostaria que tudo mudasse
Mas respeito mais amor entre a humanidade
Um mundo novo bem melhor
Porque do jeito que tá até me causa dó
Fico confuso agoniado, pensar nessa vida me deixa abalado

Tá pegando bem fazer o mal, tá pegando mal fazer o bem
Violência a mil, a toda hora
Ligo a porra da TV e é sangue que jorra
Vamos pedir piedade, pra gente careta e covarde, oh senhor
Piedade pra toda essa humanidade

Vejo irmão sendo pilantra
Por causa de grana em busca de fama
Tudo errado, fico calado
Prefiro andar só e mandar meu recado

Tô cansado de falsidade
Dê um tempo da noite e das celebridades
Tudo é tudo e nada é nada
Já dizia tino na sua jornada

Vou na fé e tô pro que der e vier
Pros inimigos, aí, aquele axé
Assim vou levando minha vida
Aqui é nil carregando essa sigla

A rua está tranquila e poucos carros passam
As luzes acesas me bateu a incerteza
Sobre o amanhã se vai clarear
Se é no meu artístico, sei lá preciso pensar

10 anos na estrada é duro parar
Minha mãe se calou, meu nunca questionou
A decisão é minha se eu vou ou não vou
Logo mais completo trinta

Quero estar vivendo e seguro na vida
Já foi o tempo de badalação
Hoje eu corro atrás de realização
Envelheci, sei lá, só quero respirar

Fico com intranquilo com o rap na virada e pá
(Nil, é tudo com você, rimar ou parar, é com você)
Se eu parar foi por alguém
Que me conquistou e me fez de refém

De mile ano, louco e platônico
Não sigo as regras, só vivo meus sonhos
Ando confuso e contra o horário
Pensar nessa vida me deixa abalado
Mais uma noite e eu em claro
Boa noite São Paulo ainda eu estou acordado

Ah, essa ansiedade que me abala
Não sei por que que eu ando tão intranquilo assim
Oh, senhor me abençoe pelo dia de amanhã
Essa vida me deixa abalado
Mas eu tenho que ter mais confiança comigo mesmo
Sei lá, tô confuso e meio agoniado
Mais uma noite e eu em claro
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados