Acidente De Amor

Paulo César e Amorim

Na capital de São Paulo eu conheço um andarilho
Anda sujo e maltrapilho, quase sempre embreagado
Mais ele não é louco, tão pouco analfabeto
Fala o português correto, é culto e muito educado

Conversando ele me disse que veio de outra cidade
Onde fez faculdade, se formou em medicina
Em seguida me contou seu passado e suas glórias
E também aquela hitória que mudou sua sina

Uma noite eu trabalhava de plantão em um hospital
Como um bom profissional eu cuidava dos doentes
Meia-noite mais ou menos lá chegou um policial
Socorrendo um casal que sofreu um acidente

Primeiro atendi o moço por causa da hemorragia
Era um caso que exigia socorro mais urgente
Quando eu fui ver a mulher tive a triste surpresa
De ver ali sobre a mesa minha mulher inconciente

Num esforço sobre-humano eu cuidei dos dois feridos
Que haviam me traido de maneira tão cruel
Pois na noite do acidente enquanto eu trabalhava
Os pombinhos passeavam vinham vindo de um motel

Este golpe tão profundo jogou-me nesse ambiente
Sou agora indigente com diploma de doutor
Troquei minha profissão por um copo de cachaça
Virei um resto de praça por causa de um falso amor
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados