Muro de Berlim

Praião e Paulinho

As palavras se calaram entre a gente
Já não sentamos mais pra assistir TV
Almoço e janto em horários diferentes
Pra evitar mais uma briga com você
Você já não vai tanto ao salão de beleza
E as vezes que se arruma
Já não é pra mim
Eu posso ver em seu olhar tanta tristeza
Nos separando feito muro de Berlim

Confesso que estou com medo
Mas nem um de nós ergueu o dedo
Pra salvar está paixão que está morrendo
O que passou já não importa
É como água de rio nunca volta
No amor sempre quem tem razão
É o que mais sai perdendo

Através dessa parede, eu ouvi você chorando ontem
Estamos morrendo de sede
A dois metros e meio da fonte
De uma chance pra nós dois
A gente ainda pode ser feliz
E ai o que você me diz?
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados