Chuva

Prana

Tudo o que tu vês
Faz parte da ilusão
O espantalho sem pés
O teto sem o chão

E a chuva lava tudo para não olharmos mais para trás

Se a paixão diz à pena
O que ela vai escrever
Se o amor é um poema
Então não quero saber ler

Ó chuva lava tudo para não olharmos mais para trás

E enquanto apanho os restos do que deixas por aí
Memórias que seguem, saudades que apertam
De tudo o que eu não vivi

Não quero sol! Não quero sol!
Ó chuva lava tudo para não olharmos mais para trás

E se um dia chegar um novo amanhecer
Mesmo à luz do olhar
Só te vejo a escurecer

Ó chuva lava tudo para não olharmos mais para trás

E enquanto apanho os restos do que deixas por aí
Memórias que seguem, saudades que apertam
De tudo o que eu não vivi

Não quero sol! Não quero sol
Ó chuva lava tudo para não olharmos mais para trás

Mas eu não posso dar-te aquilo que não era para dar
Não encontro a cura para a fome que dura
E que teimo em não matar

Eu não quero nada, eu não quero nada
Só quero que a minha chuva
Lave tudo para não olharmos mais para trás

Não olhes nunca mais para trás
Não olhes nunca mais para trás
Não olhes nunca mais para trás
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados