Melancolia

Red Eyes Gang

Melancolia na poesia da vida
Sei que lá de cima nos consegues ouvir
Eu não entendo esta tua partida, amigo Soley
Foste embora sem dar aviso
Deus fez a chamada respondeste ao seu pedido
É precioso compreender? que um homem bom parte cedo

Amigo, ainda não acredito que partiste
O bairro sem ti, mano, ficou mais triste
Não te despediste de niguem
Foste embora sem dar o aviso
Deus fez a chamada e tu respondeste ao seu pedido
É preciso compreender que um homem bom morre cedo
Foi isso que aconteceu e só assim eu entendo
A razão da tua precoce partida
A vida foi madrasta e disso em Odivelas ninguém
duvida, ma nigga,
Do meu coração tu já não sais
E peço que o paraíso, mano, te abra os seus portais
E te acolha no seu esplendor e rezo ao senhor
Para que ele te guarde do seu lado

Deus abençoe o brother que nos deixou
Metade das nossas vidas, consigo ele levou
Meu coração não se cansa, chora e já chorou
Porque passaram noites e dias e o meu brother não
voltou
Faz-me perguntar, então porque é que um gajo nasce?
Se tudo o que ganhamos na vida, a morte é quem desfaz

Isto inspira revolta
O mais fodido ainda é saber que o nosso sofrimento não
te traz de volta
Bons morrem cedo, maus continuam á solta
E neste Mundo a tua morte foi, a minha maior derrota
Neste vazio cheio de ignorância
A única coisa que me resta
É amar-te á distância
Vejo-te nos meus sonhos, dou-te a minha mão
Mas esta não te alcança
Voltaremos a estar juntos, não perco a esperança
Então descansa, no paraíso da minha mente
Na memória de todos nós, viverás eternamente
E como? Inexoravelmente, permanentemente,
perduravelmente
Soley mesmo de sempre
Um gajo que as tristezas não venciam, alegre e
sorridente

Meu soldado destemido, jamais serás esquecido
Verdadeiro thug nigga, Soley meu amigo
Diz-me, como é que vamos viver sem ti
Porque ODC mano, não é a mesma coisa sem ti aqui
A life é fodida, a life é marada
Mas quando penso em ti, boy não passa nada
Nunca levaste porrada, nunca papaste grupos
Lembro-me que eras puto e espancaste o Santiago
Pula muito grosso
E tu provaste que quanto mais big é o homem,
maior é sua queda
Esta é a cena que admiro em ti
Derrubaste colossos quando não passavas de um skinny
Tu és a inspiração pró meu hip-hop,
posso ser pequeno, mas ninguém derruba o Lancelot

One love Soley, cada rima escrita por ti,
É uma lágrima que cai do meu Lance, do Madi de um
smiley
e do rosto do Lie,
qualquer alma fraqueja quando a alma dum irmão se vai

Sei que continuas a olhar por nós lá do sky
Para os quarto cantos da rua, nem inverno sem chuva
nem deserto sem água
Nenhuma ausência consegue ser maior que a tua
Por ti, brother, a vela não se apaga
Assim transporto a dor, em forma de verso que se
propaga
Em corações destroçados
Que sentem a tu partida como uma coisa amarga
És um soldado falecido, mas jamais serás esquecido
A saudade, mano, é a nossa única riqueza
Porque lembrança é a fonte, de onde parte toda a
tristeza
E juntos fazemos-te, mano, esta dedicatória
Todos olhos em ti, o teu nome ficou na história


Melancolia na poesia da vida
Lá em cima eu sei que nos consegues ouvir
Não faz sentido a tua precoce partido, amigo Soley
Foste embora sem dar aviso
Deus fez a chamada respondeste ao seu pedido
É preciso compreender? que um homem bom morre cedo
(2x)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados