Velho Candieiro

Roberto Barreiros

Vai, vai, vai boi
Cabeça baixa passo lento no estradão
Vai, vai, vai boi
Estrada afora vai puxando o carretão

Recordo e tenho saudade
Daquele tempo que foi
Recordo meu velho pai
Tocando o carro de boi

Só me resta uma saudade
Na minha imaginação
Um carro cantando longe
Na subida do grotão

Meus cabelos estão branquinhos
Já marcou muitos janeiros
São os restos de saudade
Dos tempos de candieiro
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados