Ouvir Música

Rap Da Pm E Amigo Policial

Sargento Lago

Quê que é isso, é brincadeira?
O meu serviço é de primeira
Só que dizem ao contrário
Assim não dá pra agüentar
Eu também sou pai de família
Que ganha o pão com sacrifício
Todos têm os seus direitos, nós!?
Só ossos do ofício...

Sou parteiro, conselheiro
Mensageiro da paz
Quando me chamam é porque
O mal presente se faz
Sou anteparo permanente
Dos problemas sociais
Mas o que eu quero nunca dão, só isso...
Compreensão, nada mais.

AMIGO POLICIAL
SGT LAGO - CAP RIVALDO

Que é isso, Lagão, polícia fazendo Rap?
Rap não é música de protesto?
E quem disse que eu não estou protestando?
Meu protesto é contra a criminalidade
E por isso que eu trabalho defendendo a comunidade.
E o que é Comunidade?

É meu pai, meu tio, meu sobrinho,
O avô, a cunhada e o vizinho
E que volta pra favela todo dia, na periferia
Também é quem mora na mansão
E que dorme debaixo da ponto, no chão
(no chão?)

Minha farda está passada,
Minha barba está raspada,
Meu cabelo aparado,
Engraxei o meu calçado
'Tô pronto pro serviço noturno
Pela mãe abençoado,
Pelo filho abraçado,
A mulher 'tá preocupada
E meu pai, coitado, calado (coitado)
Na encruzilhada, na viela, um sentinela me espreita
De trás da janela
São pessoas sem igual, maquinando dia e noite o mal
Tem perigo e emoção,
Eu me pego com o coração na mão
Beleza, faz parte da profissão
É, seja o que Deus quiser
Pra uns eu sou doutor e até autoridade
Tem quem chame de "seu guarda"
E até de Santidade
Pra outros sou os "home"
"Sujeira" e até "gambé" (Gambé?)
É, mas 'tô pronto pra atender quando alguém quer

Não me leve a mal
Eu sou o bem que combate o mal
Não me leve a mal
Eu sou o seu amigo policial.

Seu carro está quebrado em plena Marginal
O socorro aparece (que?) O policial
Na porta da escola o traficante, o meliante
Ao seu filho outra lição quer ensinar
Pra você essa lição vai 'te fazer chorar
Por isso, lá na porta, a viatura vai passar
(Mas cadê a viatura, ´tá faltando efetivo?)
É, a gente faz o dá
Na cozinha o botijão está preste a explodir
Se acontecer não tem feijão nem a família vai existir
Mas, aí ele aparece, prestativo e bem ligeiro
(Quem?) O bombeiro
O PM, o gambé?)
Sei lá, diga como quiser
Fim de semana, Natal, Carnaval e feriado
Todo mundo 'tá curtindo
Nós estamos escalados
Enquanto 'cê se diverte
Eu ´tô ai do seu lado
Se meu irmão se desviou
Não fazendo como eu digo,
Você pode acreditar, também é meu inimigo
Se ele faz coisa errada, trapalhada, presepada
Ele não, não é do meu time
Pois como eu já lhe disse:
Nossa luta é contra o crime
(Beleza)

Não me leve a mal..
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

feedback