Exangue

Séquito

Exangue

Tantas oportunidades claras
Tantas caras
E nem um gesto ou expressão
Apesar de todos no recinto
Eu não sinto o mesmo gosto,
Aquela identificação

Pelas teorias do desgaste, do embate
Em um segundo tudo vai se destruir
A velocidade banaliza
Em verdade, finaliza antes de se digerir

Vejo tudo que me resta
Não presta pra encerrar o show
Tanta coisa que me afasta
Não basta pra definir quem sou
Ou para onde vou

Sempre que você procura essa felicidade pura
E não acha, tende então a se fechar
Não vê? Na busca mora a dor
E o amor perfeito, de tanto sangrar,
Um dia irá secar

Tantas formas de se ver a vida
Mas insistir na ferida é gostar de sentir dor
Toda vez que esfria, lembro um dia,
Mas se esquecer esse assunto, vai me fazer um favor

Vendo tudo que me resta
Não presta pra encerrar o show
Tanta coisa que me afasta
Não basta pra definir quem sou
Ou para onde vou

Sempre que você procura essa felicidade pura
E não acha, tende então a se fechar
Não vê? Na busca mora a dor
E o amor perfeito, de tanto sangrar,
Um dia irá secar de vez
De tanto sangrar, um dia tudo irá secar
De tanto sangrar, um dia tudo vai secar
De vez
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados