A Crise

Sir Scratch

Nunca foi fácil ter paka à vontade
Se o homem que me paga dorme e caga num palácio
Da tuga até ao brasil o mínimo é o máximo
A dívida é o clássico
E o líder é um básico e mente, basicamente gama
A malta quando falta grana só para ter um audi de alta gama
Não fala do prejuízo e é preciso mostrá-lo
Só manda-me um postal de um paraíso fiscal

É a crise que imobiliza, que me põe vegetal
A droga é bola e novela dá ao povo um estalo
Se tu és rico e vens de fora faz um corte inglés
Se não és vais a cafés ver o que o sporting fez
Eu não suporto mais, os nossos pais antes tentavam
E nos anos setenta havia voz menos sentada
A gente tava confiante e gritava porra
Não deixes que a palavra morra, palavra de honra

"Já não me vos impeço mais
Eu ja nos peço mais
Agora dispenso, agora que eu penso já não me disperso mais!
Agora eu imponho,não vivo o teu sonho eu faço o que eu quero
Se o tempo ta liso e o guito em crise eu é que não espero."
(Por ti)
O último a sair que feche a porta!
Granalistas de fato e gravata
Estão à solta com a nossa nota!
O ùltimo a sair que feche a porta!

...E antes que a porta se feche...sou eu que me queixo!
Sou eu que levanto o meu queixo,e janto o meu peixe
Nah,não vendo, não solto,não quero nem deixo...
Que o bicho da fome, seja o bispo que come...
Que papa...(perdão)
O bicho que come, o papão!
Que some com o talão
Com o fisco e o iva

Se é só metalão viva!!!!!
Xutos e bicos!:-)
(Mas pontapés pra ana montanah e os black eyed peas)
Acudam é cristo,afundem o barco!
Não sabes boiar nem rezar....azar!
Não ha volta só ida, por isso se és anti-revolta...é a vida!
E a morte...
Que tens entre a espada da sorte...que nunca te espeta
Esgrima-te só!
Cá isto é: Esquiva-te ou cais pela baixa até ao cais do sodré
Quais dubais? Não vais,duvido!
Aqui os sinais são mais horizontais que o v
Somos todos iguais?
Somos todos diferentes, diferentes até demais se der pro torto!
Somos loucos,os tais;
Os que falam por muitos mas não falam por todos pra dar o corpo!

"Já não me vos impeço mais
Eu ja nos peço mais
Agora dispenso, agora que eu penso já não me disperso mais!
Agora eu imponho,não vivo o teu sonho eu faço o que eu quero
Se o tempo ta liso e o guito em crise eu é que não espero."
(Por ti)

(Kalaf)
O barco afunda-se salve-se quem puder
Reizinger trouxe a benção,mas aqui é um Deus nos acuda
Cega,surda e muda
Ladeira abaixo desta nação
Saiu pra rua gritou por ajuda...apontou o dedo a corrupção!
Mas quem trouxe a solução?
...Foi o bicho papão
Qual é o preço da revolução?
Sacrificar o pão e a paz de espirito
Pra gritar na rua basta!
Eu sou gente!
Eu não aguento mais isto! Eu quero o meu futuro....insisto!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados