Manias

Sir Scratch

MANIAS
(Da compilação: "Poesia Urbana Vol.1")

[Intro]
Yeah
Sir Scratch nigga
2003
wah

[Verso]
Eu, tu, ele, traço, ela, nós, vós, temos manias,
eles também, manias muitos têm todos os dias/
Ego vejo, ego vias, deixa-me tira-lo, crias,
disse-me ele "batatas com enguias" e pirou-se (uhh)/
No meio da fuga, engoliu, nem pôs no bolso,
ficou co'a mania toda pacata, moço passou-se (ah) e o que faço?/
Nada fiz,
receava agora apenas espalhar-se no rap puro uma nova era de palhaços MC's/
Foi por um triz mas não pude evitá-lo (como?),
ainda pensei tar a sonhar belisquei-me boy e dei-me um estalo/
Um dia foi-se, o sol bate na cara forte,
vejo a malta toda em fila a vestir à Super Shor/
Falavam estranho mas num calão sofisticado,
vi as ruas todas pintadas e andavam com'aleijados/
"Mas o qu'é que se passa aqui afinal?" pergunto à mente,
respondo à mente "não sei", a mente "mania" foi o qu'eu pensei (ahh)/
Eu digo à mente: "exactamente, acho que já sei",
mais ou menos em 97, cinco anos atrás ou seis/
Um gajo com mania foi ao WC,
deitou tudo abaixo que já com muita mania de ser um grande MC (ha ha ha)/
Daí "mania" foi espalhado em todo esgoto,
olho ao meu redor e vejo "mania" em todos outros, é isso prontos (ah, pois é)/
Daí "mania" foi espalhado em todo esgoto,
olho ao meu redor e vejo "mania" em todos outros... é isso prontos/
Certo, certo, suçurro a "mania" à mente, de repentemente,
parece que Sir Scratch, evidentemente "mania" tem/
Ia man, "ainda bem", dizem os betos com quem,
partilhava e partilhei a história que então contei/
Valha-me Deus, Miguel Ângelo e fotocópias,
Donatellos armados eles pa serem mestres Splint um dia/
Bombar a cintrundia, terem a tal ousadia,
de m'apontar o dedo quando sou eu quem quero resolver a cena (boy)/
Agora aparecem uma cambada de simbas,
armados em Rei Leão com'o Sandro G e seus rap's pimbas/
Cruz credo, bate boca, vejo então,
será que sou eu que roubou a "mania" e o outro que via o meu irmão (o teu irmão?)/
Cheio de "mania" regressei pelo esgoto abaixo,
deitei o caos total, criei e nunca me quis dar por culpado/
De repente a mente bate palmas e eu "obrigado",
impressionado, sou culpado e o caso foi assim fechado, boy/

[Outro]
Sir Scratch
Manias (manias, manias)
eu, tu, ele, nós, vós,
2003
Esquadrão central uhh
Dublin
Tuga boy
Rap puro
Poesia Urbana das ruas
Esquadrão central
Sir Scratch

[Samplado]
"Horroso é para o homem desviar-se de questões
mas todo o dom se intermete nelas
um dom espande toda a sua ira mas o sábio encobre a sua ira e a reprime,
e a reprime."
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados